Localização

Rua Daniel Oliveira Carvalho, 899 - Vila Daniel
Porto Ferreira, SP

Fone 19. 3585 7791

aline@sindecar.com.br

Enquete

O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Parceiros

24/072014 Exportações despencam na região de Ribeirão Preto em 2014

As exportações nas dez maiores cidades da região de Ribeirão Peto (313 km de São Paulo) despencaram no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2013. O volume exportado, de US$ 2,4 bilhões (R$ 5,33 bilhões) de janeiro a junho do ano passado, só chegou a US$ 1,6 bilhão (R$ 3,55 bilhões) neste ano, o que significa queda de 31%, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A maior queda foi registrada em Araraquara (273 km de São Paulo), que em 2013 era a maior exportadora da região. De acordo com especialistas, dois fatores contribuíram para isso: logística e queda no consumo. A cidade era centro de escoamento de produção de soja, mas uma mudança no trajeto da commodity fez Araraquara recuar no ranking e perder o posto de líder da região para Matão (305 km de São Paulo), que exportou US$ 32 milhões a mais. "O Estado do Pará também começou a escoar soja triturada do Centro-Oeste", disse o economista do Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara), Jaime Vasconcellos. A queda de embarques de soja para a China, principal comprador do Centro-Oeste, chegou a 99%. Ainda segundo Vasconcellos, o município perde com repasses de ISS (Imposto Sobre Produto) e ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias). A prefeitura ainda não disponibilizou dados de arrecadação no mês de junho. Gerente regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de Araraquara, Charles Bonani afirmou que a China, apesar de continuar crescendo, não apresenta desenvolvimento igual ao de anos anteriores. "Araraquara é intermodal, ou seja, o produto sai do Centro-Oeste, passa por ela e vai para o porto de Santos. A China teve retração no ano, o que representou queda no mercado consumidor." Araraquara teve ainda queda na exportação de suco de laranja. A versão do produto não congelado caiu 22%. Para laranjas frescas ou secas, a redução foi de 16%. Bebedouro (381 km de São Paulo) também teve queda de exportações motivada pela laranja. No geral, o valor de exportações do município caiu de US$ 105 milhões para US$ 55 milhões, o que representa 48% menos. CAMPO Outra localidade com queda nos embarques foi Batatais –redução de 41%. O município passou de US$ 23,8 milhões para US$ 14 milhões. A indústria agrícola foi o setor mais afetado na cidade. Partes de máquinas e aparelhos de colheita tiveram registros de exportações 73,2% menores do que no primeiro semestre do ano passado. "As empresas sofrem com a concorrência, principalmente da China. A crise é mundial", disse José Arantes Junior, diretor do Núcleo de Exportações de Batatais (352 km de São Paulo).
Site desenvolvido pela TBrWeb  (XHTML / CSS)
Sindecar  |  Rua Daniel Oliveira Carvalho, 899 - Vila Daniel - Porto Ferreira, SP  |  Fone 19. 3585 7791